Alimentar gatos com dieta vegana pode infringir a lei

Especialistas alertam é “crucial” que gatos precisam ser alimentados com uma dieta com pelo menos 20% de proteína de carne

Donos de gatos que alimentam animais de estimação com uma dieta vegana podem estar infringindo a lei, alertou a RSPCA da Inglaterra.

Um em cada seis tutores de animais de estimação oferecem agora comida vegana ou vegetariana para seus animais, à medida que os proprietários adotam uma nova mania de refeições à base de plantas.

Mas a RSPCA alertou que os gatos alimentados exclusivamente com alimentos veganos podem ficar “gravemente doentes” e significar que os responsáveis estão violando as leis de bem-estar animal.

A ONG ressaltou que os gatos precisam de carne para sobreviver, porém, os cães, como são onívoros, poderiam sobreviver com uma dieta vegetariana bem equilibrada.

Um porta-voz da RSPCA disse ao jornal The Telegraph: “De acordo com a Lei de Bem-Estar Animal (UK),  exige que um proprietário de pet tome medidas razoáveis ​​para garantir que todas as necessidades do animal de estimação sejam atendidas.

“Isso inclui uma dieta saudável, bem como proporcionar condições de vida adequadas, capacidade de se comportar normalmente, higiene adequada e proteção contra dor, sofrimento, lesões e doenças.

“Os gatos são carnívoros rígidos e dependem de alguns nutrientes muito específicos que são encontrados na carne, incluindo a taurina, a vitamina A e o ácido araquidônico, e podem ficar seriamente doentes se receberem uma dieta vegetariana ou vegana.

“Se um tutor está pensando em mudar a dieta de seu animal de estimação, deve consultar seu veterinário para se certificar de que atenderá a todas as necessidades nutricionais de seus animais de estimação, o que dependerá de muitos fatores, como idade, saúde e estilo de vida”.

Marge Chandler, especialista em nutrição animal, disse ao jornal: “Alimentar uma dieta inadequada ou incompleta é uma questão de bem-estar – não importa qual seja a dieta.”

O professor Chandler, da Universidade de Glasgow, teve que internar um animal que estava severamente abaixo do peso e com problemas na pelagem devido à sua dieta.

Ela acrescentou que era “crucial” que os gatos fossem alimentados com uma dieta com pelo menos 20% de proteína de carne.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of