Sampa lança tendência de áreas pets dentro dos condomínios

Nosso objetivo é que todo o setor imobiliário repense a questão e mude o padrão para os próximos anos. Estamos apenas sendo os primeiros”, diz Diretor de Incorporação da Gamaro Incorporadora

O Brasil possui mais de R$ 32 milhões de pets, em sua maioria cães e gatos. Este mercado movimenta R$ 25 bilhões por ano e continua em crescimento. Nos grandes centros urbanos ocorre uma grande dificuldade para os donos desses animais, em razão da falta de espaço dentro dos apartamentos e áreas de lazer, com a proibição da circulação dos animais nas áreas comuns dos prédios, fazendo com que os donos optem muitas vezes por casas. “Quando as pessoas adotam seus pets, eles adequam suas vidas para que haja uma boa adaptação e os animais se sintam felizes, para isso é importante espaços que sejam criados para recebê-los da melhor forma”, explica Vinicius Amato, Diretor de Incorporação da Gamaro Icorporadora.

Para atender esta demanda, a Gamaro Incorporadora, conhecida por seus projetos disruptivos, como o prédio de moradia compartilhada, agora está lançando o 1° edifício com um terraço Pocket Forest e também uma área Petfriendly, ou seja, os animais terão um espaço especial para eles passearem e brincarem. “É uma demanda que já existe e o Brasil está atrasado neste assunto. Claro que, assim como todo condomínio, existirão regras a serem respeitadas e que serão adaptadas durante a implementação do projeto, mas agora com uma visão para os pets terem mais liberdade dentro dos condomínios”, ressalta o Diretor de Incorporação.

Espaços como esses são importantes porque atendem as pessoas que procuram a segurança de um condomínio com a liberdade de brincar com seus cães e gatos na área comum do prédio que foi projetada especialmente para esse público, com piso de granite emborrachado que facilita a limpeza. O local também foi equipado com troncos e telas para os animais desfrutarem uma experiência de brincar com elementos naturais. “As pessoas buscam facilitar a sua vida. Nosso objetivo é que todo o setor imobiliário repense a questão e mude o padrão para os próximos anos. Estamos apenas sendo os primeiros”, completa Amato. O empreendimento SEED foi construído em um terreno de 2.805.09m² na Vila Olímpia em São Paulo, com 80 apartamentos. A entrega do edifício está prevista para março de 2019.


Sobre o Grupo Gamaro – Gamaro Incorporadora O Grupo Gamaro surgiu em 2005, a partir da cisão com a Universidade Anhembi Morumbi como uma empresa patrimonial focada na administração dos imóveis da universidade. Em 2014, depois de construir quase 110 mil m² em edifícios comerciais, o Grupo criou a GAMARO INCORPORADORA com o objetivo de diversificar o seu portfólio, com foco no segmento residencial de médio e alto padrão. A incorporadora possui diversos terrenos em locais estratégicos, permitindo a expansão de suas atividades. A empresa irá lançar nos próximos anos 1 bilhão em VGV, que representam 500.000 m² construídos, diversificados entre imóveis, residências, comerciais e educacionais.


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of